Comunicado da Manutenção

Caros Paineirenses,

Respaldado em meus 35 anos de trabalho na área de manutenção e obras, aceitei o convite do nosso Presidente Daniel Dell’Aquila para assumir a Diretoria de Manutenção e Obras do nosso querido Clube.

Nesses dezoito meses de gestão realizamos algumas tarefas que gostaríamos de apresentar a vocês.

Ao assumir essa Diretoria, nossa preocupação inicial foi com o aspecto da segurança das instalações e  construções do Clube.

Assim, efetuamos a atualização e integração do Sistema de Proteção a Descargas Elétricas (SPDA-Para Raios) no sentido de assegurar nosso patrimônio contra intempéries, além da revisão e manutenção das sete cabines elétricas de transformação, instalação de um novo gerador e o início da substituição de 40 quadros elétricos dos mais de trezentos existentes no Clube, adequando-os às Normas vigentes.

Nos preocupamos também com um aspecto importante para o dia a dia dos funcionários, que foi a logística do atendimento do Centro Administrativo. Este estava localizado junto ao Ginásio Velho, muito longe da Portaria de Serviços, o que contribuía para grande circulação pelo Clube de pessoas estranhas e prestadores de serviços. O novo Centro Administrativo foi instalado no primeiro subsolo da Sede Social, local até então sem utilização. Criamos uma área administrativa com cerca de quatrocentos metros quadrados onde estão confortavelmente alojados os departamentos de Manutenção, Financeiro e Suprimento, que pelo fato de ficar próximo à Portaria de Serviços, restringiu a circulação dos funcionários pelo Clube trazendo mais praticidade e segurança. No local, anteriormente utilizado pelo Centro Administrativo conseguimos oferecer aos associados mais duas áreas importantes. O espaço infantojuvenil de Educação do Movimento e o Complexo LPO (Levantamento de Peso Olímpico) integrado ao Ginásio Velho.

Em atenção ao Meio Ambiente colocamos em funcionamento a Estação de Tratamento de Efluentes (ETE), que é responsável pela produção de água de reuso utilizada na rega dos jardins e nas descargas sanitárias. Distribuímos, ainda, recipientes por todo o Clube para a coleta de lixo seletivo.

Acompanhando o viés da sustentabilidade também optamos entrar no sistema de aquisição de energia elétrica no Mercado Livre, ação essa que proporciona ao nosso Clube uma economia anual em torno de R$ 300.000,00 (trezentos mil reais), além de contribuir com a utilização de energia limpa.

Nosso Clube, patrimônio moderno tombado da cidade de São Paulo, construído em concreto armado, exige tratamento constante da superfície das construções devido à extensão das áreas de concreto aparente em exposição. Anualmente tratamos cerca de quatro mil metros quadrados de concreto aparente.

A piscina infantil do playground, motivo de constantes reclamações devido ao seu piso escorregadio, foi alvo de pesquisa para que fosse restaurado nos moldes do premiado projeto original com a aprovação do órgão responsável pelo tombamento do Clube. Recebeu piso especial com rugosidade adequada de baixa agressividade que seguramente proporcionará muito mais segurança aos usuários.

O playground recebeu novos brinquedos e foi totalmente restaurado, oferecendo ao público infantil novidades que em muito ampliou a frequência desse local.

As cúpulas geodésicas, que abrigam a Boate e o Restaurante, apresentavam alto índice de infiltrações. Elas foram alvo de extensa pesquisa de materiais até que fosse encontrada uma solução adequada para o problema identificado. Realizamos, assim, a obra de reparo da cobertura, a partir da instalação de uma calota monolítica impermeável em cada uma das cúpulas, sanando as infiltrações.

Foi concluída a infraestrutura do Deck das Cúpulas que recebeu guarda corpo de vidro, conforme exigência do Corpo de Bombeiros, além de sua impermeabilização, proteção mecânica, instalação de deck de madeira, sistema de drenagem e forração telhado verde. O espaço está preparado para receber o projeto de paisagismo aprovado pelo CONPRESP (Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo).

Todas as quadras de tênis, intensamente utilizadas pelos associados e para campeonatos,  estão sendo revitalizadas com nova iluminação, reforma do piso e das calçadas de circulação externa, substituição dos alambrados e telas. As quadras estão sendo entregues paulatinamente. A conclusão das obras deverá ocorrer até o próximo 31 de julho.

Fizemos os trabalhos de manutenção da estrutura espacial da cobertura do Conjunto Poliesportivo, uma área de três mil metros quadrados, que nos últimos vinte anos sofreu a ação do vapor de cloro.

Substituímos o Sistema de Refrigeração e Ar Condicionado do Fitness, com instalação de aparelhos de última geração, que proporcionaram conforto térmico aos usuários desse espaço.

O piso da passarela de acesso ao Conjunto Poliesportivo foi refeito com a utilização de material de rugosidade, adequada para evitar que fique escorregadio quando molhado. O local  recebeu grafismos ilustrativos das atividades do Clube.

A polêmica reforma do vestiário feminino, devido ao prolongado período para execução, partiu da demanda de recuperação estrutural da laje de cobertura. Foi necessária a retirada do  madeiramento original, molde das vigas, que se encontravam infestado de cupins. Para a realização desse procedimento foi preciso a aprovação do CONPRESP, o que resultou no prolongamento do prazo dessa reforma. O forro, que deu continuidade ao projeto de recuperação da laje, foi projetado pelo Escritório de Arquitetura Paulo Bastos, proporcionado estética e funcionalidade. O layout desse espaço foi modificado para atender a ampliação do número de armários em 35%, além da colocação de novas bancadas e espelhos, e da adequação à acessibilidade.

A reforma do vestiário masculino também precisou da recuperação estrutural da laje de cobertura com a retirada das formas de madeira igualmente infestadas por cupins e com o tratamento das patologias das vigas de concreto. Não foi necessário o  requadramento dos dois mil e seiscentos metros das vigas de concreto aparente em razão da opção pela colocação de  um forro de gesso em um plano contínuo sobre as mesmas,  que além da praticidade de execução e leveza estética, facilita muito a sua manutenção. Nesse trabalho não houve necessidade de aprovação do CONPRESP, pois quando iniciamos a reforma as áreas livres de tombamento já estavam definidas. Aproveitamos também essa reforma para a colocação de 150 novos armários, que beneficiará sobremaneira os associados, que chegam  a esperar até dois anos para obter um.

Ocorreu a reforma do vestiário da piscina kids e a construção de um vestiário infantil na ala da piscina olímpica, contemplando esse espaço com equipamentos para atender os pais, que circulam nas imediações com crianças menores.

A intervenção no Piano Bar foi  completa. A obra contou com a alteração do layout, ampliação da área que hoje conta com cerca de seiscentos metros quadrados, readequação da cozinha e do hall de entrada, instalação de novo mobiliário, tratamento acústico, além de novo sistema de ar condicionado.

Também reformamos a sala de judô, ampliando o espaço e dotando-o de depósito e sala de professores, bem como a ampliação dessa modalidade no espaço do Ginásio Novo.

Três novas quadras de beach tennis foram entregues aos associados, incluindo um quiosque com noventa metros quadrados para lazer.

Também não podemos deixar de mencionar que conseguimos tornar realidade um antigo sonho das associadas, entregando um novo Salão Feminino condizente com os padrões de exigências do nosso Clube.

Acredito que esses foram os eventos mais importantes realizados pelo Departamento de Manutenção e Obras nesses dezoito meses de minha gestão.  Além das obras e manutenção citadas, gostaria de levar ao conhecimento dos associados algumas atividades rotineiras do Departamento:

Diariamente a equipe realiza o tratamento dos jardins, controle da qualidade da água, tratamento e aquecimento das piscinas e água dos chuveiros através de caldeiras e filtros,  repintura de diversos equipamentos e paredes,  manutenção  das instalações elétricas e hidráulicas, manutenção dos elevadores e tantas outras tarefas que fazem parte do nosso dia a dia, fazendo com que os oitenta mil metro quadrados de área construída, cobertas e descobertas,  permaneçam seguras e funcionais para garantir conforto e segurança  aos associados.

Quero aqui deixar registrado que a execução esse trabalho somente está sendo possível  graças ao apoio incondicional de toda a equipe do Departamento de Manutenção e Obras, capitaneada pelo Arquiteto José Ailton Silva, com a assessoria fundamental do Engenheiro Ricardo Renaud, que conhece como ninguém cada canto desse nosso clube, que,  como dizia o saudoso Presidente Waldyr Arid,  “O Clube mais bonito do Brasil”.

Adeilton Bomfim Brandão

Diretor de Manutenção e Obras