Fotos Beach Tennis – Semestre

BEACH TENNIS

Brasil já ocupa  2º lugar com maior número de praticantes, perdendo apenas para a Itália  

O Beach Tennis foi criado em 1987 na província de Ravenna, na Itália, e em 1996 o esporte começou a se profissionalizar. O esporte é uma mistura do tênis, vôlei de praia e badminton e suas regras e práticas vêm se modificando ao longo dos anos. Não existem dados oficiais do número de praticantes, mas fala-se de algo ao redor de 1 milhão de pessoas espalhadas em todos os continentes, independente de profissionais, amadores, sexo ou idade.

A modalidade chegou ao Brasil em 2008. Desde então vem crescendo rapidamente para diversas cidades, sejam litorâneas ou não. Apesar do esporte ser relativamente novo no Brasil, o país já conseguiu resultados significativos: Bicampeão Mundial por equipes (2016 e 2018), 3º Lugar no Campeonato Mundial Sub-14 em 2018, Pentacampeão Pan-Americano (2014 a 2018) e já é considerada, pela ITF (International Tennis Federation) a segunda maior força do mundo neste esporte, atrás apenas da Itália. Atualmente, o Brasil tem três atletas profissionais entre os Top 10: Rafaela Miller, #1, Joana Cortez, #7, e Vinicius Font #9. Entre os top 20 tem mais 3 homens (Thales Santos, Marcus Ferreira e André Baran) e 2 mulheres (Marcela Vita e Samantha Barijan).

A ITF e a CBT (Confederação Brasileira de Tênis) são as entidades que regulam o esporte no mundo e no Brasil, respectivamente. O Brasil já faz parte do circuito internacional de Beach Tennis da ITF com torneios realizados nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Paraíba, Paraná, Santa Catarina.

O sucesso do Beach Tennis no Brasil e no mundo deve-se à facilidade com que a pessoa aprende a jogar e pela diversão que ele proporciona, mesmo para quem nunca praticou esportes antes. Além disso, é uma excelente opção para quem quer melhorar o condicionamento físico e cuidar da saúde.

E no Clube Paineiras não poderia ser diferente do resto do mundo!!

O esporte teve início em 2012 com apenas alguns praticantes que compartilhavam a única quadra de areia do clube com o Futevôlei e Vôlei de Areia. O sucesso e adesão de praticantes foi tão rápida que o espaço tornou-se insuficiente para atender a demanda e em 2016 foram inauguradas 3 novas quadras exclusivamente para a pratica da modalidade, a grade de aulas foi mais do que dobrada. Desde então a adesão continuou em franco crescimento e estima-se que o número de praticantes adultos no clube esteja próximo a 300!!

O interesse pelo esporte não se restringiu aos adultos e em 2017 foi incluída a modalidade na grade do Seffe/Sat, atraindo um número expressivo de crianças logo nos primeiros meses.  Atualmente temos cerca de 60 alunos na faixa etária de 8 anos a 14 anos e a lista de espera cresce diariamente!!

 

 

Modificado pela última vez em por