Gincana Pais e Filhos – Natação Kids

Gincana Pais e Filhos

Neste sábado dia 17 de Agosto de 2019, a equipe de natação do setor SEFFE, realizou o evento em comemoração ao Dia dos Pais. Contamos com a presença de 48 pessoas entre pais, mães e alunos.

O evento foi divido em 2 etapas. A primeira na Quadra do Vale e a segunda na Piscina Olímpica.

Antes das atividades começarem, todos os participantes foram concentrados na arquibancada da piscina olímpica onde fizeram algumas brincadeiras de “quebra-gelo” para depois serem direcionados para quadra do vale.

Os participantes ao chegarem na quadra, foram divididos em 4 equipes, tendo em cada uma um professor responsável participando, orientando e incentivando-os durantes as atividades propostas, sendo elas:

– Estrelão: com uma bola ao centro, os pais e filhos de cada equipe foram posicionados um atrás do outro (pais atrás de pais e filhos atrás de filhos) com as pernas afastadas de frente para a bola. Ao apito do professor, pais e filhos correram por trás das filas das outras equipes e ao chegar na sua fila, teve que passar por baixo das pernas dos integrantes e pegar a bola. A equipe que chegar primeiro na bola vence.

– Jogo do banco: cada equipe ficará em pé em um banco sueco. Ao apito do professor tiveram que se organizar por ordem de tamanho.

– Bola no balde: as equipes se dividiram em pais de um lado da quadra e filhos do outro lado da quadra. Ao apito do professor o pai correu até o seu filho e passou a bola para ele, o mesmo correu e entregou a bola para o outro pai e assim até chegar o ultimo da fila que colou a bola no balde atrás da fila que começou com a bola.

– Corrida do bambolê: cada equipe recebeu um bambolê e nele amarado um barbante. O pai fica dentro do bambolê e o filho puxando o bambolê pelo barbante. Ao sinal do professor a dupla terá que se deslocar, um dentro do bambolê e o outro puxando o bambolê até a extremidade da quadra, para voltar e entregar o bambolê para a próxima dupla da fila, tiverão que trocar de lugar, quem puxou anda dentro do bambolê e quem andou puxa o bambolê.

Após a atividade na quadra, todas as equipes foram direcionadas a piscina olímpica para a segunda parte do evento, que se constituía em 4 estações:

– Mesas em pé: os pai e alunos passariam entre os canos da mesa.

– Obstáculos com tapete: passavam por cima de quatro colchões espaçados.

– Arcos submersos: passar por dentro doa bambolês.

– Ponte de tapete: passar por cima dos tapetes sem cair.

Cada equipe começou em uma estação, podendo repetir as mesmas após o termino do rodizio.

Em todas as estações tinham monitoramento dentro e fora da água, além de uma raia entre cada estação livre caso ocorresse queda, transição entre as estações e também usada para descanso.

Modificado pela última vez em por